A espinha ereta…

Publicado: abril 2, 2003 em Declarações, Reflexões

Baby, não foi mentira o que você viveu, tão menos foi mentira o que você sentiu. Foi apenas um ponto de vista, em que você se perdeu de si mesma…

Menina, as dúvidas vão vir sempre, e várias vezes escolheremos o caminho errado. Algumas vezes, mesmo tendo consciência do perigo que estamos correndo, precisamos sofrer as consequências destes erros pra aprendermos a lidar com as sensações que serão provenientes do mesmo.

Moça, você não vai saber onde está se não souber quem é.
Precisa também saber quando viver a noite e quando viver o dia.
Conhecer o sol, conhecer a lua e as estrelas.

E se o céu estiver encoberto, se continuarem resistindo ao furacão de sua decisão, eu estarei aqui, soprando a todo pulmão. Pode contar comigo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s