A hora do fim

Publicado: abril 24, 2003 em Olhar para dentro

Terça, quarta, quinta, sexta, sábado, domingo, segunda, terça, quarta.
Essa foi uma semana realmente muito importante pra mim. Que disse que eu não havia me enganado, que me disse que não tinha sido mentira. Mas que também me ensinou que, algumas vezes, tenho que me abster de algumas coisas boas. E é isso que eu tive que fazer, me distanciar, por hora.
Eu não queria me prejudicar com decisões impulsivas, tão menos seria capaz de prejudicar alguém por isso. Ela foi muito compreensiva, e isso me deixou realmente feliz.

E pra vocês, o quanto é fácil se distanciar das coisas que lhes são boas?
Existem certas coisas que precisam terminar no momento certo, para que o fim não seja definitivo demais. Outras coisas precisam ser continuadas pra se entender até que pontos pode-se chegar.
Nem sempre é fácil distinguir tudo isso. Alias, quase nunca é.
Mas torna as coisas mais fáceis, e a esperança maior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s