Somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter

Publicado: agosto 16, 2003 em Música, escrever, sentir...

“Um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão”
Um dia eu percebi que nem tudo que desejava era facil de ser conquistado”Um dia me disseram que ventos as vezes erram a direção”
Um dia eu percebi que nem tudo funcionava de maneira racional

“E tudo ficou tão claro, um intervalo na escuridão”
Foi o primeiro passo para mudanças de atitude, que embora sutis, significaram mudanças bruscas no modo de agir e pensar

“Uma estrela de brilho raro, um disparo para o coração”
Como um trovão repentino, que fosse capaz de acender diversas luzes sobre nosso caminho

“A vida imita o video, garotos inventam um novo inglês”
Vivendo num país sedento, um momento de embriaguez
Somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter
Somos o que nossos ideais permitem, desejos que acreditamos possíveis

“Um dia me disseram quem eram os donos da situação”
Um dia descobrimos quem tem o poder de transformação

“Sem querer eles me deram as chaves que abrem essa prisão”
Sem querer eles me deram motivos pra romper com a alienação

“E tudo ficou tão claro, o que era raro ficou comum
Como um dia depois do outro, como um dia, um dia comum
A vida imita o video, garotos inventam um novo inglês
Vivendo num país sedento, um momento de embriaguez
Somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter”
E a realidade se torna mais tangível, e os sonhos se tornam mais densos, a medida que podemos interagir, e que é rompida a linha ( que não é tão tênue ) entre sonho e atitude…

Se existisse uma tecla SAP dentro do meu coração, seriam essas as palavras, durante aquela música, durante aquele show ( maravilhoso ) dos Engenheiros do Hawaii. Me lembrei de como é bom estar diante de um palco, com os amigos, e o som tão alto que faz com que a própria voz seja impossível de ser ouvida.
Após Engenheiros, tocou também o Gabriel Pensador. Sem dúvida, um dos melhores shows que eu já fui. O cara demonstra, a cada segundo, que ama a sua banda, que ama o que faz, que ama o seu público, e que sente pulsando em si a necessidade de fazer uma música que instigue as pessoas a reflexão e a crítica.
Eu me identifiquei MUITO com ele, e acho que é isso que a música significa pra mim.
E o que a música significa para você?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s