Só é seu aquilo que você dá

Publicado: setembro 21, 2003 em Olhar para dentro

Lampirônicos
PoP ZeNTudo que você tem não é seu, tudo o que você guardar
Não lhe pertence, nem nunca lhe pertencerá
Tudo que você tem não é seu, tudo o que você guardar
Pertence ao tempo que tudo transformará

Só é seu aquilo que você dá
Só é seu aquilo que você dá

Tudo aquilo que você não percebeu
Tudo que não quis olhar
É como o tempo que você deixou passar

Tudo aquilo que você escondeu
Tudo que não quis mostrar
Deixe que o tempo com o tempo vai revelar

Só é seu aquilo que você dá
Só é seu aquilo que você dá
Só é seu aquilo que você dá

E o beijo que você deu, é seu, é seu beijo
E o beijo que você deu, é seu, é seu

——————–

Ontem assisti ( novamente ) Doce Novembro. Uma mensagem muito bonita, que trata de casualidade, intensidade e muito, mas muito mesmo, de opções.

Viver muito ou ser feliz enquanto se vive. Até quanto a moderação vale a pena? Por que o modo de nos expor, por que avaliar tantos riscos? Porque queremos sobreviver, em boas condições, para fazer com que nossa felicidade dure por mais tempo, diriam alguns. Era o que eu diria também, até bem pouco tempo atrás.

Mas eu começo a perceber que o medo é maior que os riscos. E, sendo assim, nós também começamos a deixar de fazer coisas que valeriam a pena, deixamos de estabelecer metas mais ousadas, que poderiam trazer um retorno muito maior.

Eu quero ser feliz, e abdicaria de muita coisa na minha vida ” segura ” por isso. E pretendo fazer isso, muito brevemente, indo pra Floripa.

Blerght. Não dá + pra postar.
Acabei de saber que meu antigo blog gabrielwannadream.blig foi deletado. Nele eu tinha um ano da minha vida, eu tinha um ano de meus sentimentos. Que se apagaram, porque minha memória certamente não vai me permitir lembrar de muita coisa. Eu sei que tudo isso faz parte do meu ” ser ” e que, mesmo não lembrando, isso não vai diminuir a importância que teve na minha formação.
Ainda assim…
Não queria que ele tivesse “ido”. Eu tinha planos pra reativá-lo em breve, ia deixar esse blog para questionamentos e textos mais políticos, e o outro de uma maneira mais pessoal. Perdi também o melhor template que já recebi de presente (obrigado Senhorita), da Alanis Morissette. Eu já ia postar comentando sobre as melhoras do blig quando ele me apronta isso. Legal -.-

Anúncios
comentários
  1. xxxxxx disse:

    A vida seria um exemplo claro da letra nessa musica. Principalmente no que concerne a eutanásia negativa. primeiramente porque a maioria das pessoas que discursa sobre esse assunto declara a eutanásia como um método de alivio do sofrimento e principalmente que a decisão de morte da pessoa ou de terceiros próximos a ela é levado em conta em países que possuem leis que apoiam a pratica da eutanásia. Mas ai eu pergunto: A vida pertence a quem: A quem a possui, A quem tem autoridade sobre ela: NA minha opinião a vida pertence a quem lhe deu. eu não me dei a vida se assim o fizesse teria escolhido o dia do meu nascimento. E as pessoas próximas a mim também não a me deram, se assim o fizeram não permitiriam que me encontrasse nesse ponto de fim. Se a vida não e minha, nem de pessoas próximas a mim, eu não posso decidir sobre o dia de minha morte bem como o direito de viver ou não. e eles também não. Se assim o fizerem estariam roubando a vida de alguém. A vida e de quem a deu e o direito de toma-la de volta é apenas de quem a deu. Por isso apenas Deus tem o direito de recolher a vida de alguém. Pois tudo que você tem não e seu, só e seu aquilo que você da. quem deu a vida foi Deus. A vida e dele somos apenas mordomos fieis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s