Escolhas responsáveis

Publicado: outubro 12, 2003 em Olhar para dentro, Reflexões

Ahn. Antes de mais nada, eu queria deixar claro a todos que as reflexões abaixo a respeito de relacionamento e amor diferem um pouco da minha opinião pessoal. Acontece que dois casais, que estão na lista de meus melhores amigos, acabaram seus namoros a muito pouco tempo, me deixando essas justificativas. Elas me fizeram refletir durante algum tempo, e eu achei interessante posta-las aqui, achei que poderia causar o mesmo efeito pra vocês :)Eu acho que fazia tempo que eu não me identificava assim com a personagem de alguma música. Biquini Cavadão, no caso.

“Janaína acorda todo dia as 04:30 e já na hora de ir pra cama Janaína pensa
Que o dia não passou, que nada aconteceu
Mas ela diz que apesar de tudo ela tem sonhos
Ela diz que um dia a gente há de ser feliz”

As portas estão abertas, mas as janelas estão fechadas.
Os passos são rápidos, mas o caminho é incerto…

Parece que a minha vida tem se tornado uma eterna antítese, entre os resultados que almejo e os caminhos que sou consequentemente obrigado a percorrer.

As vezes o coração se abstem, e fica aquele sofrimento, calado, de quem não foi feito para a indiferença.
As vezes o coração grita, e fica aquele sofrimento, barulhento, de quem necessita extravasar de alguma maneira toda a dor que sente.

Se eu ando distante, é porque não gosto de colocar palavras tristes aqui. Sempre que estou melancólico, procuro até evitar visitar o blog dos amigos.
———————————

Hoje é dia das crianças, e eu não poderia deixar de explicitar aqui a beleza que julgo eu existir nessa fase da vida de qualquer ser humano.
A criança sempre foi sinônimo de ingenuidade, de pureza. Elas estão descobrindo o mundo, negam os preconceitos, tem uma curiosidade extremamente insistente e ainda se assustam com o mundo, que por vezes parece tão óbvio para nós, pobres almas, que já fomos bombardeados de conceitos e distorções. Elas realmente sentem com intensidade a frustração ou realização de seus desejos, alterando entre os extremos de humor com muita facilidade. Elas também são quase sempre incapazes de guardar mágoas, e reparam em detalhes que sempre nos passam despercebidos.

Também gostaria de deixar aqui minha indignação como a maneira como a criança em geral é tratada na nossa sociedade. Parece que ela está em um mundo diferente do nosso, quase nunca é compreendida e tem seus desejos e medos respeitados. Em várias ocasiões são humilhadas ou sofrem todo tipo de agressão ( desde a verbal até corporal ). Eles são responsáveis pelos futuros, mas seus próprios responsáveis nem parecem se importar muito com isso.

Fica aqui um pedido especial…
A todos aqueles que pretendem ter um filho. Prestem atenção em quantas crianças abandonadas temos em nosso país. Quantas crianças em orfanatos, quantas crianças na rua. Vale a pena repensar conceitos, e ousar nas atitudes, não ter medo de se expor. Todos temos a oportunidade de mudar, substancialmente, a vida de alguém, e a perspectiva de mudar um futuro que até então seria quase isento de perspectivas, pra uma vida saudável e estruturada, me faz muito feliz.
Enfim, o pedido é esse. Não tenham filhos, adote-os. Vocês estarão ajudando a sua sociedade, e ainda terão consigo a certeza de que mudaram e marcaram a vida de uma pessoa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s