O que queremos colher é aquilo que estamos plantando?

Publicado: outubro 12, 2007 em Olhar para dentro, Política, Reflexões

Estamos nos tornando o que queremos ser?
Estamos conseguindo o que queremos ter?
Estamos nos aproximando de onde queremos estar?

Ser – ter – estar – o que quero?
Penso muito nisso.

Não sou uma pessoa muito metódica. Mas sempre gostei de fazer planos. Sonhar geralmente me é fácil e espontâneo, simplesmente acontece. E aí a cabeça e o corpo andam atrás dos sonhos, trabalhando para torná-los possíveis.

Tornar possível. Tornar real. Tornar tangível. Tornar verdade. Dizia um barbudo: “sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade”. Mas tem coisas que você precisa fazer sozinho. Que dependem da sua postura. E da sua postura depende boa parte da sua vida.

Há diversos modos de encarar uma diversa realidade. Temos diversas maneiras de reagir a ela. Muitas direções para seguir. 

Não tenho nada contra as coisas simples. Às vezes representam os maiores prazeres. Às vezes tem um significado muito mais importante do que qualquer outra coisa. Mas cuidado com as coisas comuns. Ainda mais quando o comum é o mundo que vivemos e os valores que são cultivados no mundo em que estamos vivendo.


Engenheiros do Hawaii – Outras Freqüências

seria mais fácil fazer como todo mundo faz
o caminho mais curto, produto que rende mais
seria mais fácil fazer como todo mundo faz
um tiro certeiro, modelo que vende mais

mas nós dançamos no silêncio
choramos no carnaval
não vemos graça nas gracinhas da tv
morremos de rir no horário eleitoral

seria mais fácil fazer como todo mundo faz
sem sair do sofá, deixar a ferrari pra trás
seria mais fácil, como todo mundo faz
o milésimo gol sentado na mesa de um bar

mas nós vibramos em outra freqüência
sabemos que não é bem assim
se fosse fácil achar o caminho das pedras
tantas pedras no caminho não seria ruim

Anúncios
comentários
  1. Colombina disse:

    Gostei bastante dos dois últimos versos.

    Não sei dos outros, mas sigo plantando e colhendo abobrinhas no meu sítio. O alecrim dourado ainda não vingou no céreblo do Loro, e… não sei ao certo se planto outras coisas.

    Colho amoras num pé perto da faculdade, isso é o que gosto de colher depois do almoço. Porém nunca plantei uma amoreira. Tem coisas que a gente planta e não colhe, outras que colhemos sem plantar.

  2. Katia disse:

    Sempre fico bambeando nessas linhas tênues. Sempre oscilo entre facilitar demais e medir demais. O problema maior é tentar mensurar o que não dá pra mensurar, acho. O meu problema é esse. Querer especificar tudo e acabar me complicando. E de tanto me complicar, esquecer de determinar umas outras coisas fazendo elas parecem comuns.

    Eu sempre sonho, mas cada vez numa freqüência menor.

  3. Rafael disse:

    Temos que a fazer a nossa parte, sonhos sem atitudes são coisas vazias!!!

    Abraços

  4. pedro keppler disse:

    coisas simples X coisas comuns?

  5. Melina disse:

    Eu acredito que sonhar vale a pena, mas, não planejar. Eu também planejava, mas, dia desses, lendo um livro, me deparei com o texto:
    ” Eu? Eu não tenho planos de nada. Aprendi a não ter planos de nada. Deixo correr as coisas. Vivo os dias, um de cada vez. Assim há sempre dias tristes e felizes. Se planeasse as coisas, e os meus planos não dessem certo, todos os dias seriam tristes “.
    Equador – Miguel Sousa Tavares.
    Pg 333, l. 11-15.
    E concordo plenamente, desde então, deixo a vida me levar…

  6. Marilac disse:

    Oii Gabriel,

    A vida é feita de escolhas diárias. E por isso é importante ter pelo menos uma noção do que se quer para ir caminhando no rumo certo!
    Não devemos nos preocupar demais tb com os planos porque alguns fatos realmente fogem as vezes ao nosso controle, mas com flexiblidade , fé e esperança teremos motivação para continuar trilhando o caminho que queremos.

    Sonhos dão trabalho, mas é maravilhoso ter um sonho !

    bjs

    Marilac

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s