Arquivo de agosto, 2008

Ir Além

Publicado: agosto 19, 2008 em Olhar para dentro, Reflexões

O corpo quer parar, mas eu não deixo. Não antes de cruzar aquela linha.
O coração está inquieto, bate forte, descompassado. Não posso controlar o que acontece aqui dentro. Mas sei que ele não vai explodir. Não antes de cruzar aquela linha.

Sensação recorrente de que está faltando algo. Alma insatisfeita. Inspirar. Expirar. Incômodo necessário, combustível do movimento. A serenidade do abraço (sim). A inércia – paz que eu não quero para mim. Eu preciso de ar. E do céu. Impressão de escalas de cinza, medo da chuva (vontade de chuva). Contentamento descontente, esticar todo o corpo, dar uma cambalhota.

Ir além. Meu instinto me faz continuar (mas continuando não posso ir além).

U2 – City of Blinding Lights

Quanto mais você vê, menos você sabe
Menos você descobre quanto mais caminha
Eu sabia muito mais do que sei agora.

Eu vi você caminhar sem medo
Eu vi você nas roupas que você fez
Você consegue ver a beleza que há aqui dentro?
(O que aconteceu com a beleza que eu tinha dentro de mim?)

E eu sinto sua falta quando você não está por perto.
Eu estou me preparando para partir…

Tempo, tempo, não me deixe como estou
(esse tempo não vai levar o garoto que está dentro desse homem)