Veja bem, meu bem!

Publicado: setembro 1, 2009 em Declarações, Olhar para dentro, Reflexões

Não vê que às vezes um sim é um não?
Não vê que o silêncio às vezes é ensurdecedor?
Não vê que hoje eu preciso que não respeite minha decisão?

Preciso da tua rebeldia neste instante
(é que a razão quer me fazer acreditar que todo nosso céu de estrelas
foi só um sonho meu)

Adiante, adiante! Coração desperto, mangas arregaçadas e tijolo em cima de tijolo. Voar com os pés no chão é mais difícil e cansativo, mas faz com que você não precise estar sempre disposto a pular penhascos.

Não há grande salvação
Nada que possa nos redimir
A não ser o que decidirmos construir
(e que seja com [intensa verdade e] paixão)

p.s.: se conhecerem alguém que vai prestar vestibular/Enem, que tenham interesse (e não tenham recursos para pagar) em freqüentar um curso preparatório (domingos de setembro), na região de São Paulo (capital – próximo ao Metrô Praça da Árvore), favor enviar o email ou forma de contato para gabrielneves@gmail.com

Anúncios
comentários
  1. Márcio B. S. disse:

    Precisamos sepre ncontrar forças pra nadar contra a corrente, quando necessário! Cada dia é uma luta!

  2. chelle disse:

    O silêncio, ultimamente, tem sido bem mais que ensurdecedor. E, nesse instante, tudo o que mais queria era uma grande salvação, mas sei que o meu caminho, só depende de mim.
    Beijo.

  3. Colombina disse:

    Um… textos animadores! Valeu, anjo encarnado. Estava precisando de apoio.

  4. Ariane disse:

    De quem são os escritos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s