Qual o passo necessário?

Publicado: setembro 24, 2010 em Olhar para dentro, Reflexões

O que você precisa fazer para ser mais feliz, pleno, livre e intenso? Do que depende? O que precisa construir para tornar possível? Qual sua disposição? Por onde vai começar? Você está preparado para mudar? Para respirar fundo mesmo quando faltar o ar?

Quantas vezes sabemos onde estamos, sabemos onde gostaríamos de estar, mas não sabemos como chegar? Precisamos descobrir: dos nossos combustíveis, das nossas velocidades, das nossas verdades, das nossas paixões. Sem olhar para dentro, nunca acharemos o caminho (por mais perto que esteja!). Mas sem olhar para fora, pouco motivo sobra para sair do lugar. Qual o necessário passo que você precisar dar?

—-

Estes são dias em que a velocidade de tudo me assusta um pouco. Como um equilibrista atrasado, tenho um alívio imenso que termino cada cena, que não tarda a ser substituído por uma angústia preocupada, sabendo que não poderei voltar e pegar o que deixar cair. Concentração, esperança e força. Chegará o descanso, mas não agora.

Anúncios
comentários
  1. Dona M. disse:

    Saber a hora de mudar é o mais difícil, com certeza.

  2. Oie!
    Adoro seus posts, suas palavras tocam nossa alma, nos fazem pensar…
    Obrigada pelas visitas e cometários, volte sempre!!!
    Tem um selinho para você no meu blog, passa lá para pegar,
    bjux

  3. Ela disse:

    Os passos tem mais probabilidade de acertos quando estamos respirando bem, isto é fato.
    Mas refeltir sobre o combustível e a velocidade é o grande lance.

    P.s Insisto, tem muito de reflexão nestas palavras. Gosto muito

  4. Colombina disse:

    Desde janeiro tenho andado por centenas de lugares mas ainda não encontrei meu lugar, nem pra trabalhar.

    Qual o passo necessário para ser aceita e comprada no mercado de trabalho? Me ofereço, faço o que posso. Não cabe a mim dar o último passo, alguma empresa precisa me abrir as portas todo dia.

    De modo que depois de algum tempo eu amaldiçoe a rotina e até esqueça a angústia que enfrentei enquanto nenhuma porta comprava minha vida.

  5. Bru disse:

    Eu gosto dos seus questionamentos. Metade deles passo tentando pensar em como conseguir essas respostas. São coisas simples, mas que muitas vezes são incoerentes. E não são apenas nossos quereres, há uma maré cobrindo todo nosso ser.

    Sinto saudades suas e tenho um carinho enorme por você, Gegel. Há algo na sua alma que me diz, que devemos nos reencontrar algum dia! (E temos que conversar sobre política sim! Posso dizer que amadureci um pouco, mas ainda há muito que questionar.)

    Um beijão =*

  6. Marilac disse:

    Gabriel,

    Seus questionamentos também são os meus e acredito que de muita gente.Suas palavras marcaram “Quantas vezes sabemos onde estamos, sabemos onde gostaríamos de estar, mas não sabemos como chegar?”

    A velocidade tb me assusta, precisamos aprender a lidar com o tempo para priorizar o essencial, não se perder na correria insana do dia a dia.Cada semana pelo menos deveria ter alguma ação concreta em direção aos nossos sonhos.

    Estar com quem amamos, fazer pausas para renovar as energias, brincar , sorrir.Não permitir que os problemas e as responsabilidades que sempre aumentam nos torne pessoas amargas

    Alimentar a Fé, renovar o entusiasmo.

    Abraços,
    Marilac

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s