Não ao desespero, só a reflexão e a luta transformam a realidade!

Publicado: outubro 6, 2014 em Sem-categoria

Lembro que em 2002 havia um grande clima de euforia na esquerda com a eleição do Lula. Tínhamos a sensação de que os movimentos sociais sairiam extremamente fortalecidos e que a sociedade brasileira havia sinalizado uma guinada à esquerda que se radicalizaria. Em 2014, pelo contrário, a sensação é que, mesmo depois dos maiores atos de rua que a minha geração viu, a sociedade retrocede para um crescente conservadorismo.

A real é que não podemos medir nossos sonhos pelas urnas e, enquanto pensarmos política desta forma imediatista (centralidade de esforços para a eleição de determinado candidato, que supomos que será suficiente para fazer a sociedade avançar à esquerda), continuaremos incapazes de semear as mudanças muito mais profundas e radicais das quais precisamos.

É muito importante que a Dilma vença o Aécio, seria estratégico se a esquerda conseguisse eleger o triplo de deputados do que de fato conseguiu. Mas não avançamos tanto do ponto de vista eleitoral porque também não avançamos do ponto de vista social.

Não faltou pedir voto, não faltou fazer campanha, faltou construir uma sociedade que pensasse de forma mais crítica, que se identificasse de forma crescente com as pautas da esquerda. Faltou fazer trabalho de base, sair da academia, do CA e do DCE, e ir discutir com os jovens nas escolas, com o povo nas ruas, construir sindicatos que realmente fossem ligados às suas bases. Organizar nosso trabalho de base, fazer a ponte entre as várias militâncias por um projeto de transformação de sociedade.

O momento é de reflexão, não de desespero. Se a eleição foi sombria, hoje vejo mais do que nunca jovens indignados com as injustiças do nosso sistema. Nunca o acúmulo sobre direito LGBT, racismo, ações afirmativas, descriminalização das drogas foi tão grande. Em todas as frentes existem grandes pessoas e militantes lutando arduamente para mudar o mundo. Vamos somar esforços e multiplicar resultados. Nossa história é de luta, e os que nos antecederam também viveram tempos muito sombrios. Mas é justamente por não perder a capacidade de sonhar e, com isso, continuar a luta, que nós estamos aqui hoje.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s